Peso IdealO peso ideal é a faixa adequada em que sua massa corporal é considerada saudável de acordo com o cálculo do IMC – Índice de Massa Corporal. Conforme o resultado do cálculo, você poderá conferir o seu estado nutricional e verificar se está abaixo do peso ou com sobrepeso. Seu resultado é um alerta para a prevenção de doenças relacionadas à obesidade.

Dos 20 aos 60 anos de idade, você já pode calcular o índice e verificar se possui um peso normal ou não. O IMC surgiu em 1832 e foi criado pelo cientista belga Adolphe Quelet. Sua paixão pela área de exatas fez com que tirasse algumas dúvidas dos jovens da época sobre obesidade: qual é o peso ideal? Esse método foi revisto em 1972, pelo cientista Ancel Keys, um americano que o classificou como o mais simples índice medidor de obesidade. Após isso, ele se popularizou.

Atualmente, o padrão seguido leva em conta vários aspectos: sexo, peso, atividade física, altura, biótipo e outros fatores.

Entre as décadas 60 e 70, uma mulher não podia pesar mais do que 60 quilos, se tivesse 1,70 de altura, pois era considerada gorda. Hoje, cresce a cada dia o índice de pessoas com problemas de obesidade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, ela é considerada o mal do século. Provocada por vários fatores e os maus hábitos alimentares da vida cotidiana, em decorrência dessa doença surgem diversas outras como: colesterol alto, a diabete, doenças cardíacas e outras.

Outro fato que atrapalha ainda mais a manutenção do peso ideal é o consumo de remédios ilegais vendidos pelo mercado: apresentam uma propaganda enganosa e apesar do emagrecimento a curto prazo, eles podem provocar a morte. O ideal é buscar dicas para emagrecer de uma maneira saudável.

A solução para se atingir o peso ideal consiste dos seguintes ingredientes: exercícios físicos, alimentação saudável e tempo. O responsável por te oferecer as recomendações necessárias ao ganho do peso ideal são os profissionais especializados, como os nutricionistas ou médicos.

Calcular IMCCalcular Peso

Para calcular o peso ideal ou o aproximado, é utilizado o Índice de Massa Corporal (IMC). O método foi proposto pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e para calculá-lo, divide-se o seu peso pela altura, em metros, elevada ao quadrado. Veja o exemplo:

Fórmula IMC 

Tabela IMC

Se o resultado for menor que 18,5, você está abaixo do peso. Se estiver entre 18,5 a 24,99, seu peso é considerado adequado. Mas se entre 25 a 29,99, você começar a apresentar um sobrepeso, mais um sinal para ficar alerta. Para os resultados de IMC maiores que 30, uma pessoa é considerada obesa. Observe a tabela:

Tabela IMC 

Existem pessoas que, apesar de apresentar um IMC normal, ainda adquirem doenças relacionadas à obesidade. Para a detecção de doenças relacionadas ao coração, a localização da gordura é fundamental: há células de gordura na barriga que se comportam diferentemente das células localizadas nos quadris, isso aumenta ou diminui o risco de doenças cardiovasculares.

Apesar de muito utilizado, pelo menos por quase 200 anos, o IMC se limita por não considerar dados como o sexo, a idade e como a gordura se distribui pelo corpo do indivíduo. Por exemplo, uma pessoa forte poderá ser considerada gorda nesse índice. Essa fórmula deverá ser utilizada por adultos levando em consideração também outros exames pedidos pelo médico ou nutricionista. Ele é utilizado, atualmente, para verificar se uma pessoa poderá fazer uma cirurgia para redução de estômago.

Outros métodos para calcular o peso

Outra forma de calcular é por meio da cintura e do quadril. Essas são as regiões onde se localizam as gorduras perigosas, aquelas que recobrem órgãos fundamentais. Vamos às medidas:

Com o auxílio de uma fita métrica, primeiro, tire medidas da cintura na altura do umbigo. Depois, tire medidas dos quadris em torno do bumbum. Achado o resultado, divida um pelo outro.

Calcula-se também o peso ideal através da porcentagem de gordura corporal e só pode ser feito por profissionais especializados ou que possuam o aparelho para fazer a medição.

Se caso reconhecer que precisa perder peso ou ganhar, procure um médico adequado que oriente uma dieta específica. Não faça tudo que você vê pela internet ou o que as pessoas falam. A dieta prescrita por um profissional mostrará as necessidades do seu corpo, de acordo com o seu cotidiano, para repor nutrientes que você precisa diariamente.

Evite perder peso e prejudicar a sua qualidade de vida. Estar apenas dentro do peso da faixa considerada ideal não mostra especificamente se você está se alimentando adequadamente.

Em seu corpo, as gorduras existentes são divididas de duas formas, a massa gorda (gorduras) e a massa magra (músculos). O ideal é equilibrar as duas massas, caso contrário, se houver muita massa gorda você adquirirá vários tipos de doenças.

Como calcular o IAC - novo método para medir as gordurinhas

Para pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos, um novo método para medir a gordura corporal foi desenvolvido. A pesquisa foi publicada pela Revista Obesity, considerado como um substituto para o IMC, por ser mais específico. Apesar disso, seu cálculo não é tão fácil quanto o do Índice de Massa Corporal. Ele foi criado pela equipe de fisiologia de Richard Bergman, com publicação em revista científica.

Medindo o tamanho dos quadris, é possível saber se você está com o peso certo ou errado. Quanto maior for, mais os indivíduos estarão acima do peso.

Conhecido como IAC – Índice de Adiposidade Corporal, esse método será aceito se a comunidade científica aderir aos seus critérios, pois ele tem vantagens e desvantagens e é preciso ainda testar se esse ele é melhor do que os outros. Veja o cálculo:

Fórmula IAC 

Tabela IAC

Obs.: Apesar de ser um método mais preciso que o do IMC, ele é difícil de ser calculado.